Pedro Fonseca Jorge | Arquitecto | Casa na Azambuja (2017) - Pedro Fonseca Jorge | Arquitecto

Casa na Azambuja (2017)

A Casa na Azambuja é um projeto que nasce do cruzamento de uma série de dificuldades que foram convertidas em potencialidades para o mesmo. O terreno em que a mesma se insere havia perdido a sua capacidade construtiva de outrora, dado que nos anos recentes as Zonas Agrícolas locais deixaram de permitir a edificação de habitação. Apenas uma pequena franja triangular de terreno, junto aos limites do mesmo, permitia a construção da casa pretendida, pelo que rapidamente se partiu dessa figura geométrica para desenvolver o projeto.

Uma leitura cuidada da legislação local fez descobrir que a construção junto dos limites era permitida (ainda que sem a abertura de vãos), o que viabilizou a pretensão, fazendo desenhar uma casa que começa por ser apenas um muro para quem lhe acede: a transposição do portão permite ver a paisagem que se desenvolve defronte, e para onde a casa, à sua esquerda, se abre generosamente.

Acede-se à habitação sob a cobertura que se estende e abriga o automóvel: por dentro a casa tenta tirar o maior partido da sua exposição, com largos envidraçados que tentam captar o máximo de luz de uma orientação para a paisagem oferecida pelo vale, mas que é maioritariamente norte. Por esse motivo se recorre a aberturas zenitais que tentam iluminar e ventilar as partes mais recônditas da casa.

As pendentes naturais, não alteradas, levaram que a inserção da construção no terreno fosse cuidada, com os extremos do “triangulo” a concordarem com as cotas originais.

O orçamento disponível era contido, e mais uma vez, tenta fazer-se disso uma potencialidade, simplificando processos construtivos sem, contudo, pôr em causa a qualidade da execução.